Juvenal José

Sempre gostei muito de desenhar.

Nome da oficina:
Meias Tintas

Responsável:
Juvenal José

Morada:
Rua da Bempostinha, Nº 40 A
1150-246 Lisboa

Telefone:
92 703 99 12

Site:
www.juvenalmeiastintasjose.blogspot.com

E-mail:
juvejose@gmail.com

Áreas de Trabalho

Conservação e restauro de pintura mural / Pintura / Pintura decorativa / Pintura figurativa

Área

15 m2

Aberta desde

1992
Juvenal José – Fotografia: Alípio Padilha

A Pintura Decorativa é um ofício muito tradicional que aborda sempre do início do século XX para trás: necessita, portanto, de um enquadramento.

Em criança gostava muito de desenhar. Para além das ilustrações, das cópias ou dos ditados que os professores pediam, os cadernos eram povoados por muitos desenhos que, constantemente, se dedicava a fazer. À sua volta, as pessoas motivam-no, dizendo-lhe que tem jeito. Talvez tudo tenha começado aí mas, entretanto, passam-se vinte e oito anos. Juvenal José não faz o percurso escolar normal: entra primeiro no Instituto Superior Técnico, em Engenharia Mecanotécnica e, já no final, percebe que não é o que quer fazer. Abandona o curso superior e reingressa no ensino secundário, pois não havia equiparação à área que pretendia. Nessa altura, encontra uma colega que começa a frequentar um curso em Lisboa no Instituto de Artes e Ofícios (IAO), fica curioso e decide experimentar. Faz alguns workshops relacionados com Pintura Mural, nomeadamente de Douragem e de Frescos, procurando complementar a sua formação inicial. Em 2008 decide estudar design de interiores, como forma de aprofundar uma área onde já intervinha.

Só as pessoas que tiveram acesso a determinado tipo de formação e a determinado tipo de linguagem, compreendem o que está a ser feito nesta área.

Quando um dos seus mestres se reforma, aconselha a Escola ligada à Fundação Ricardo Espírito Santo e Silva (FRESS) a convidá-lo a dar as suas aulas de desenho de Ornato e, ao princípio, pensa não ter qualquer aptidão ensinar e depois dessa experiência percebe que é uma das coisas que mais gostou de fazer.

Um dos maiores trabalhos que teve é, porventura, um trompe l'oeil para estar numa adega, de uma casa situada numa quinta que foi remodelada na serra da Arrábida, em Setúbal. Foi um grande desafio em termos de execução embora não tenha tido condicionamentos ou pressões para a sua conclusão.  Aproveita essas condições excecionais para por em prática um aspeto teórico do seu curso que defende que as três cores primárias, o preto e o branco resolvem tudo:assim, utiliza apenas cinco cores. Outro trabalho relevante foi o restauro do átrio da Administração do Porto de Lisboa.

A divulgação do trabalho é facilitada por estar no centro de Lisboa, pois a maioria dos seus potenciais clientes habita nos grandes centros.

A divulgação do trabalho é facilitada por estar no centro de Lisboa, pois a maioria dos seus potenciais clientes habita nos grandes centros. Fazendo um balanço, 99% dos seus clientes são particulares.

A Pintura Decorativa é um ofício muito tradicional que aborda sempre temas antigos, do início do século XX para trás. Necessita, portanto, de um enquadramento: só as pessoas que tiveram acesso a determinado tipo de formação e a determinado tipo de linguagem, compreendem o que está a ser feito nesta área. Considera que o projeto fundação, através do IAO e através da ESAD é um projeto que lamentavelmente está com imensas dificuldades, mas que poderia ser um projeto único no setor das Artes e Ofícios.